Espaço guineense de análises, divulgação de textos e comentários sobre a Guiné-Bissau e o mundo africano. Envie-nos a sua contribuição: leopoldo.amado@gmail.com
Quarta-feira, 3 de Janeiro de 2007
Acentua-se o ciclo de desaparecimento físico da geração de históricos da libertação

           

 Rafael Barbosa

       

    Vasco Cabral

 

      Benjamim P. Bull

A morte de Rafael Barbosa confirma o ciclo vertente de desaparecimento físico da geração da luta pela independência (so em 2005, registaam-se a morte de Benjamim Pinto Bull morreu em Janeiro , de Estêvão Tavares, em Fevereiro, e de Vasco Cabral, em Agosto), o qual, alias, deveria alertar o Estado da Guiné-Bissau para a necessidade de inequívoca e definitivamente assumir uma postura de apoio à elaboração da Historia Contemporânea do pais, com o concurso dos protagonistas que ainda se mantêm vivos.

Leopoldo Amado



publicado por jambros às 09:47
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

Guiné-Bissau:Deus está em...

Acentua-se o ciclo de des...

Odiado e idolatrado, assi...

Morreu Rafael Barbosa, pi...

BOM NATAL E BOM 2007 PARA...

Luandino Vieira: "Nunca p...

Simbólica de Pindjiguiti ...

Simbólica de Pindjiguiti ...

A actual (e grave) situaç...

A actul (e grave) situaçã...

Receita para um "jet-set"...

João Rosa morreu às mãos ...

Morreu Joseph Ki-Zerbo (1...

José Carlos Schwarz, elem...

arquivos

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds